Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

quinta-feira, maio 15, 2008

Fingir?

Uma das coisas que sempre me fez confusão foi a capacidade de fingir que algumas pessoas têm.

Sempre fui transparente e é muito, mesmo muito fácil alguém perceber se gosto ou não dessa pessoa. Não consigo evitar um esgar, um ar de tédio...

Por isso, verificar que aquela pessoa, em quem confiava piamente, com quem partilhei almoços e jantares, conversas e prendas, é falsa, vive para aparências e intrigas, mente com quantos dentes tem, manipula informações e pessoas... foi uma facada! No entanto, não é nada que não esteja já habituada mas desta vez doeu mesmo... Não esperava isto vindo dela...

É triste vermos assim a verdadeira essência do ser humano!

3 comentários:

floreca disse...

Por essas e por outras, eu já aprendi a não confiar em ninguém...

Storinha disse...

Sei bem o q custa descobrir q alguem em quem confiavamos nos desilude...
por essas e por outras é q eu deixei de confiar; sinto-me mais sozinha mas pelo menos n levo patadas dos supostos amigos...

adkalendas disse...

Compreendo o problema, mas há um problema ainda maior. Estamos a ficar cada vez mais individualistas e fechados sobre nós mesmos e a nossa família.
Não me parece muito bom, mas de facto são estes os sinais dos tempos.
O que contas acontece a muito boa gente. Também já me aconteceu, mas ultrapassa-se. Dói, mas ultrapassa-se.
Uma das conclusões que tirei, é a de que é muito complicado ter amigos na Escola em que trabalhamos, ou mesmo amigos professores. Mais um problema, para quem sai pouco do seu meio. Felizmente eu gosto de sair o mais possível da meu meio profissional, sempre que posso.