Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

domingo, agosto 17, 2008

Ser mãe!

Tenho pensado bastante na adopção.
Mais do que o meu marido quer...

E tive a cuidar, durante uma semana, de uma menina, filha de uns amigos com uma situação familiar "diferente", não quero dizer disfuncional porque não sei se o será de facto.

A I. esteve cá em casa e encaixou-se perfeitamente no nosso ambiente familiar. Levei-a a casa dos meus pais e aquela era a sua casa de sempre.

Uma criança, tantos dias connosco, serviu para perceber algumas coisas:
* eu desejo ardentemente ser mãe e sinto-me capaz de assumir essa responsabilidade
* não sei se o T. está verdadeiramente preparado para ser pai
* esta casa, esta família está repleta de amor para dar a quem o quiser receber
* uma criança ia alterar por completa a nossa vida, o nosso ritmo, o nosso bem-estar material
* ...

Gostei, sem dúvida, de ser "mãe" durante uma semana, soube bem descansar depois... sobretudo fez-me reflectir de facto na adopção!

3 comentários:

Fátima André disse...

São milhares as crianças institucionalizadas que reclamam apenas isso mesmo, - uma famíla. O que faz uma criança verdadeiramente feliz é o afecto , a atenção dos pais, o diálogo... muito mais do que os bens materiais.
Sensibilizaram-me muito as tuas palavras.Continua a pensar nisso e raliza esse sonho. Vale a pena fazer uma criança Feliz!

Pedro disse...

Ser pai ou mãe é das melhores sensações que se pode ter numa vida. Vai em frente nos teus desejos!!!

amordemadrugada disse...

Ser mãe...é ser ...tudo!
Adopta!
Deixo-te uma forcita e um abracito