Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

terça-feira, junho 24, 2008

Exames e notas....

Fui ontem buscar exames de Biologia para corrigir. Discuti bastante os critérios de correcção, não posso crer que para umas respostas a malha é larga e tudo é autorizado a passar (mesmo que sejam erros científicos) e em outras questões tem que ser aquele tópico e mais nenhuma variação...

Acompanho a discussão sobre os exames de Matemática quer de 9º quer de 12º ano, vi a argumentação da Sra Ministra e fico triste.

Fico triste com o facilitismo instalado que os governantes não querem ou não estão interessados em ver... Com o facilitismo que circula nas nossas escolas... As classificações são inflaccionadas e toda a gente fica contente... Só se pensa em estatísticas.

Já ninguém dará valor a alguma exigência, por mais ínfima que seja?

3 comentários:

Pedro disse...

Concordo contigo. O que mais me incomoda é ver colegas nossos irem na onda do facilitismo e até chegarem ao ponto de proporem notas com medo dos recursos dos pais...
Estamos no mau caminho!!!

Prof. Teresa disse...

tinóni, tinóni.... pronto, pronto.... Ana (já alguma vez te disse que adoro o nome Ana e que se houvesse orçamento para uma menina eu lhe chamava Maria Ana?)...aqui estou eu para te dar os miminhos da praxe. Venho cá poucas vezes mas não esqueço de quem gosto tanto. Minha querida estava a pensar que assim de cor não sei que idade tens nem quantos anos de carreira, etc. Sei que interessa pouco. Sei que adoras os que fazes e que só por isso deves ser uma fantástica professora. Sei que te entristeces com coisas como aquelas que descreves neste post e com certas coisas que vês na escola, na sala de profs. Não te vou contar as minhas mágoas mas queria que soubesses que tb as tenho, que acho imensas coisas uma injustiça, que também estou a corrigir exames nacionais e que sou obrigada a aceitar coisas que de outra forma não aceitaria. No final, os resultados serão bons mas não porque nós professores somos bons mas porque o plano nacional de leitura e o plano de acção para a matemática foram medidas óptimas do Governo. Esta semana lá deixarei dois planos de aulas no meu dossier de avaliação de desempenho e embora não me seja pedido tenho vontade de lá deixar os meus objectivos e a minha auto-avaliação (coisas que no fundo sempre fiz, que sempre pedi aos alunos que fizessem). E pronto. Não pudeste ler o que fui escrevendo na fase da defesa da Tese que foi um momento de tão gde aprendizagem para mim. Mas não sou amarga. Espero nunca ser. O sorriso (não amarelo) é a nossa maior arma, e sabermos continuar a fazer o que fazemos e fazê-lo bem é outra. Não desistas minha querida. Os alunos têm muito muito a aprender ctg e nós precisamos de ti. Um xi-coração!

Storinha disse...

Ai coleguinha... até suspirei quando li o teu post... Eu também me senti tão frustrada nestas reuniões ao ver certos facilitismos que, por muito argumentados, acabaram por continuar sem que nada se conseguisse fazer para os impedir.
Faz-me sentir pequenina, sem valor... de que vale virem os "senhores simplex" armados em espertos dizerem coisas muito fantasiosas que nada têm a ver com a realidade e depois andarmos aqui a penar durante estes meses para nada. Eu estou só no ensino básico e vejo cada coisa que me deixa sem palavras!!! Que será deste país daqui a uns anos quando estes jovens forem adultos?
A propósito de simplex... reparaste da quantidade de papelada, de pareceres por tudo e por nada, de planos de acompanhamento e sei la mais o quê, que nos puseram a preencher este ano??? Como diria o outro: ... e o burro sou eu??...
Beijinho