Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

segunda-feira, novembro 19, 2007

31 já cá cantam!

Tenho 31 anos desde ontem... Comentam os amigos que me devo sentir diferente! Não, não sinto... continuo idealista e com vontade de dar o meu pequeno contributo na mudança do mundo... pelo menos, o meu pequeno contributo diário com a minha rapaziada.

Exijo de mim tanto ou mais que exijo dos outros e, à conta disso, apanho com cada desilusão!...
No entanto, quando ouço elogios à minha pessoa, além de ficar embaraçada, fico ainda com mais força para continuar este percurso de trabalho, vontade e exigência... mas quero continuar sorridente e bem-disposta!

9 comentários:

anna disse...

Parabéns, a sério, pelo aniversário e por seres como és...
Não nos sentimos diferentes de repente, mas vamos ficando diferentes, para melhor...
31 é uma idade gira, aproveita-a bem!

Miguel Pinto disse...

Parabéns, Ana.

Prof. Teresa disse...

Muitos muitos muitos parabéns!

beijoquinhas

Avozinha disse...

Parabéns!

caditonuno disse...

31? tens mais do que eu. assim sinto-me jovem, nem que seja por uns minutos...

muitos parabens!!!

josé disse...

Olá Ana
Com 31 nem pensava em casar. Planava como pássaro em dia de vento sobre as encostas.
Parabéns? É palavra fria e na maioria das vezes pouco sentida.
Então porque te deixo aqui este alerta?
Nos somos espírito e matéria. Como matéria nos vamos deteriorando com o passar da Terra pelo Sol. O espírito esse se vá alimentando com as nossas experiências diárias. Mas quero deixar-te aqui uma luz no teu caminho, o qual segundo leio aqui, por vezes andas sozinha.
Não deves exigir nada a ninguém, aceita o que te querem dar. Só assim não terás desilusões nem tristezas, pois a nossa capacidade de dar difere de pessoa para pessoa.A felicidade esta no dar e não no receber

Peixoto disse...

Engraçado, temos a mesma idade. E, olha, quanto ao idealismo, temos de o ter, pois doutra forma nem valia a pena sermos professores...

Rui disse...

Parabéns pela entrada na 3ª década e mantém o idealismo embora com rédea curta; Aprendi que assim evitam-se algumas desilusões.

Fátima disse...

Olá Ana!
Se continuar assim, vai chegar aos cinqüenta, como eu, do mesmo jeito.Eu também sou assim!
Felicidades!