Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

segunda-feira, julho 14, 2008

Maiakovski




Na primeira noite, eles se aproximam

e colhem uma flor de nosso jardim

e não dizemos nada.



Na segunda noite já não se escondem

pisam as flores e matam o nosso cão

e não dizemos nada.



Até que um dia, o mais frágil deles, entra

sozinho na nossa casa, rouba-nos a lua

e, conhecendo o nosso medo,

arranca-nos a voz da garganta.



E porque não dissemos nada,

já não podemos dizer nada.

(Maiakovski, 1917)

2 comentários:

pezinhos de cetim disse...

Não conhecia e adorei :)

Há coisas que são eternamente actuais...

**

Teresa Lopes disse...

Adoro este poeta! Pena haver tão pouca coisa traduzida para português.
Beijinho e boas férias!

Teresa Lopes