Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

terça-feira, maio 15, 2007

Uma aulita...

Bem disposta e sorridente, passei uma aula de 11ºano de Biologia e Geologia sem nada fazer, respeitando a vontade dos alunos.
Foram eles a organizar o seu trabalho sem muita intervenção da professora. O objectivo, do conhecimento deles logo desde o início da aula, era aproveitar e rentabilizar o tempo de aula para a realização de um trabalho de grupo.
Já tinham feito pesquisa na Internet e em livros, na biblioteca da escola, ja tinham estruturado o trabalho... a aula, seria, assim, para fazer o trabalho "aproveitando a professora"!!
Sem nada dizer... sem resmungar... sem exigir nada... limitei-me a dizer que NÃO ACEITO TRABALHOS APÓS A DATA EXIGIDA. No entanto, tenho a certeza que os mesmos meninos que nada fizeram, serão os mesmos que não terão o trabalho pronto a tempo!!
Não serão os meus meninos fruto de uma educação baseada no "deixa andar"??

5 comentários:

Jerónimo disse...

Não é só no 11.º ano que isso acontece...
Há muita gente que deixa para a última! :D

pa-ciencia disse...

Dia 21 digo-te se recebi os trabalhos do meu 11º ano, marcados desde o 2º período! Hoje ainda houve quem perguntasse de que trabalho estava eu a falar...
Beijocas ;)

Ivo disse...

:) ... é engraçado ler e reler este teu texto! Lembra-me sobretudo os tempos de faculdade, onde aí sim, eram sempre in-extremis!! Mesmo no limite... mas posso-me gabar (n sei se o termo mais correcto) de nunca ter entregue um trabalho "fora de horas"!!

Porém a verdade é: muitos desses jovens (como eu fui, todos fomos), partem do pressuposto da obrigatória flexibilidade dos Prof.s, como eu lhe chamo!! Muitos pensam que, não são eles que têm que sacrificar os tempos de lazer e afins,mas sim, os professores/docentes, a reprogramar tudo para que eles possam entregar os ditos trabalhitos, quando "julgarem conveniente"!!

Peço desculpa se me excedi!! Mas há um facto que me irá ficar marcado, que ainda hoje me revolta, relacionado com esse "atraso solicitado pelos alunos".

Hindy disse...

Estou cheia de trabalho, só passei para deixar um beijinho :o)

Prof. Teresa disse...

Depois de 1 dia tão complicado: muito muito calor e o de ter de sair por 2 xs com um bebé com birra de sono, cólicas e calor, menos calminho que o costume), sabe bem receber a tua visita e ler as tuas palavras. Mas... não as mereço.Quanto ao não poderes teres filhos, lamento-o, mas sei que te realizas de outras formas e que a tua meiguice, carinho, paciência, disponibilidade, se mostrarão de outras formas face a pessoas que têm a sorte de te conhecer pessoalmente. Um grande beijinho!