Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

terça-feira, agosto 08, 2006

Que saudades de Évora!

Eu não sei o que tenho em Évora...
que de Évora...
me estou lembrando...

Lá dizia o fadista!

Pois bem, estive em Évora esta manhã. Não deu ainda para matar saudades porque foi uma saída pequenina mas amanhã será maior.
Tenho saudades de Évora.
Tenho saudades de conduzir em Évora.
Tenho saudades de estar em Évora.

Acompanho, pela minha irmã mais nova, a pouca vivência universitária que existe agora. Acompanho por ela, teimosa como é, o facto de não existirem engarrafamentos em Évora, no entanto, coincidência das coincidências, quando venho para casa apanho sempre um... Deve ser azar meu!!

Quero voltar por momentos aos passeios alienados que eu, o Luís e o resto do grupo fazíamos nas horas de almoço nos dias de aulas.
Quero voltar às desculpas do "tenho que ir fazer um trabalho a Évora", só para estar na conversa e na brincadeira nas salas de estudo.

Tenho tantas saudades de Évora e de vocês, meus amigos do coração, principalmente tu, Luís... reguenguense de gema... E nestas alturas, deito pragas ao facto de viver no fim do mundo... no fim de Portugal, naquele cantinho chamado Vila Real de Sto António.

3 comentários:

Miguel Sousa disse...

mas vê lá se conduzes degavar he hge

POOORAAAA para as letrinhas

Boss do Bar Capítulo II disse...

Mas é o cantinho mais bonito de portugal... diz-me onde consegues ver um nascer do tão bonito como este??

Estrela do mar disse...

...já somos duas!...sabes Ana, eu estive quase dois anos a estudar em Évora...mas depois mudei-me para Lisboa...e a esta cidade alentejana tem um lugar tão especial no meu coração, que nem imaginas...como ás vezes gostava que o tempo voltasse atrás...


Bjosssssssss