Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

quinta-feira, novembro 02, 2006

Ignorância = Submissão

Depois de a comprar, folheio sempre a Visão para ter uma perspectiva geral dos temas tratados e só depois me debruço na leitura.

Desta vez, a entrevista com Vicente Romano, um espanhol catedrático de Comunicação Audiovisual, prendeu-me logo.

Diz ele: "(...) [a mentalidade submissa] começa em casa e na escola, mas são os media que mais «educam»: dizem-nos o que é bom e o que é mau, quem é bom e quem é mau."

Acrescenta, lá mais para o meio: "Manter a ignorância significa manter as pessoas submissas. Um cidadão culto, pelo contrário, faz por conhecer o meio que o rodeia e tenta não ser vítima dele."

N
ão farei mais nenhum comentário porque acho que está tudo dito... e, com a devida vénia, faço minhas as palavras do senhor Romano.

Esclarecimento: A Comunicação está a ser controlada de forma a controlar-nos, Sociedade e Opinião Pública, e esse controlo conduz a pouca liberdade de pensamento e razão.

2 comentários:

Ramos disse...

Resta saber o que é media para o Sr. Romano e o que quer dizer mentalidade submissa.
Será que ele se sente submisso ou não faz parte da humanidade?
Todos nós, digo TODOS NÓS, somos ignorantes em algum aspecto da vida ou da ciência.
Quem se acha conhecedor de tudo.
Será que tal senhor é capaz de por meias solas nuns sapatos, quando se semeia o arroz, se prepara um anzol para apanhar um peixe, ou como se concerta um relógio, em fim. Eu sou um ignorante em muitíssimas coisas mas não sou submisso, pelo contrário sempre fui rebele sempre ao longo da minha vida, assim como tu pareces ser
Com todo o meu respeito pelo Sr. Mas no que expões falta a alma do artigo ou sem quereres foste mais dos media, só tiras-te a parte que mais te convinha expor e que podes sem querer desvirtuado o artigo.
Os melhores cientistas em determinado espaço, são ignorantes num universo desconhecido.

1 abraço

Ramos

Miguel disse...

A função da comunicação social é a de informar. No entanto, há que ter as competências para saber criticar aquilo que se lê. E, uma das funções essenciais da Escola é essa mesma: capacitar os jovens a conseguirem criticar e opinar...