Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

sábado, novembro 11, 2006

S. Martinho

Hoje sinto-me assim...
Meio triste, meio fria, meio sozinha...


Será porque li aqui uma coisa que me desagradou? Ou por isto? Ou ainda por isto?


Ou será porque me aproximo dos trinta anos?

Até o meu ânimo se elevar, um bom fim de semana a todos!

12 comentários:

bell disse...

Cliquei, mas não li para não ficar igualmente mal disposta.

Ficar triste por fazer anos?! Nunca tal se viu!! Não penses que estás a ficar mais velha, pensa que estás a ficar mais sábia.

Um beijinho e bom fim-de-semana!

tsiwari disse...

Carece de ficar meio triste não.

Quem se entristece, sem dar por isso, envelhece!

***

IC disse...

Eu junto as palavras da bell e do tsiwari.
Aproveita bem o fim de semana, Ana!
Beijinhos.

Ramos disse...

ola ana.

Olha para o teu Eu e pergunta-lhe que idade tem.
os numeros não importam por isso só aparecem npo BI.
O que importa é o que sentes.

3za disse...

kida Ana
Olha eu quase a chegar ao meio do caminho entre os 40 e os 50! Viste como é possível ainda estar em forma nesta altura (rio-me)? 30? 30? Ninguém tem 30 anos (eh eh eh...)Deve ser mesmo só cansaço e excesso de leitura de notícias "daquelas"... Beijinhos e anima-te!!!!!

anjoedemonio disse...

normalmente também fico um pouco nostálgica na altura do meu aniversário!

vai...póe-te bem disposta e volta!

:))))

amigona disse...

Seja qual for a razão um beijo de ternura para ti... se te ajudar lembra quem tem pouco, muito pouco... às vezes, ajuda...

Hindy disse...

Um beijinho "hindyado"! :o)

Anónimo disse...

Temos de lutar e reagir, velhos são os trapos, boa semana.

taizinha disse...

Com 30 anos TODOS os sonhos são realizáveis. Vá lá! Todos nós temos "fases". As más têm de passar depressa para as boas não tardarem a chegar. Bj.

prof disse...

Também fiquei um pouco agoniada quando fiz trinta: perdemos direito ao cartão jovem, conta jovem e, oficialmente, deixam de nos considerar jovens. Mas essa angústia passa rápido. Adorei fazer 40 e agora que já caminho para os 50, espero fazer uma grande festa quando lá chegar.
Beijinhos e parabéns (adiantados ou atrasados?)

plopes disse...

De facto, às vezes temos razões para estarmos tristes, outras vezes não. Estamos vivos, não estamos?