Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

sábado, fevereiro 24, 2007

Zeca Afonso

20 anos depois da sua morte, é importante recordá-lo...

4 comentários:

Jose disse...

Rocorda-lo como?

Pelo que se conhece; e o desconhecido?
O que se diz sobre a estadia de Zeca Afonso em terras de Moçambique, precisamente na cidade da Beira onde escreveu O meu menino e de ouro e não só.
Como todos os que partiram foi um boa pessoa.

peace_love disse...

Grândola vila morena

Terra da fraternidade

O povo é quem mais ordena

Dentro de ti ó cidade

(...)

Em cada esquina um amigo

Em cada rosto igualdade

Grândola vila morena

Terra da fraternidade

(...)

À sombra duma azinheira

Que já não sabia a idade

Jurei ter por companheira

Grândola a tua vontade

tanta vez que cantei isso!

o roedor disse...

Descobri, por acaso... bem, por acaso talvez não, procurava por Zeca como tantos, ainda felizmente, "o buscam diariamente", e encontrei a homenagem que fez, no "youtube".
"Em cada esquina um amigo,
Em cada rosto igualdade,
Grângola vila morena,
Terra da fraternidade"
Parabéns pela escolha.
Viva Zeca!
Viva a Liberdade!

o roedor disse...

*"Grandola"