Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

domingo, setembro 18, 2005

Ele há coisas...

Tenho pena de ser um país tão... tão... assim!
Se há coisas às quais tenho aversão é a esta parvoíce... estas manifestações de pretensos machos que defendem os bons valores familiares sem nunca os terem respeitado!
Faz-me confusão!!!
Conheço dois casais em que a senhora do primeiro casal é irmã do senhor do segundo casal. Vivem lado a lado. Cada qual com dois filhos. O primeiro casal, dois rapazes, o segundo casal duas raparigas. Em altura de festarola, a família foi divertir-se...
Como machos que são, os dois homens foram beber um copo e, perante uma pequena plateia de outros machos, gabavam-se da quantidade de "gajas que já tinham comido"... e que andar com brinquinho era de maricas... que arranjar o cabelo e a roupa para sair não era de homem... Coisas destas!
Entretanto, voltaram a casa...
Quando as esposas regressaram, deparou-se-lhes um espectáculo! Os machões estavam em pleno acto sexual na cama de casal de um deles... tal como sempre tinha acontecido nos últimos 15 anos sem que tivessem alguma vez sido... interrompidos!!
Portanto, cada vez que ouço falar em machos a defender bons valores familiares e sociais e a invocar tudo e todos contra a homossexualidade, lembro esta história e estes 2 machões que conheço, independentemente de qual seja a minha opinão acerca do assunto!

4 comentários:

IC disse...

Enfim... como dizes, a manifestação só conseguiu 2 centenas de pessoas, quem lhes liga?

Platero disse...

Estes "machões" só valem de alguma coisa quando estão em matilha.

Obrigado pela visita!

Guida Alves disse...

Ora toma! Abraço, Ana.

Abelhinha disse...

Esse tipo de frases eu associo sempre a uma homosexualidade demasiado latente... prestes a explodir por cada poro do macho