Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Critérios de avaliação

Para um professor, os critérios de avaliação são os instrumentos de trabalho mais preciosos e rigorosos que deverão ser profundamente respeitados.

Que fazer quando sabemos que um colega deliberadamente não os respeita? Que fazer quando sabemos que esse colega está a prejudicar todo um trabalho do grupo disciplinar?

Dizer ou não... eis a questão!!
:S

7 comentários:

Miguel Pinto disse...

Sem hesitações, dizer, enfrentar, dialogar, discutir... partir pedra como é usual dizer-se por cá!

IC disse...

Ainda bem que o Miguel Pinto me ajuda, pois já nem vejo bem as teclas, assim digo só: subscrevo!

3za disse...

Diz-me a experiência que o Miguel e a IC têm razão... Ignorar, esconder é algo que acaba por nos ser devolvido, por outra via, nas generalizações abusivas em desfavor da classe... Temos um papel importante na correcção dos desvios e no apoio a colegas "mais confusos" do que nós...

Miguel Sousa disse...

Não tenho duvidas é dizer e pronto...só assim é que seremos bons profissionais

mourisca disse...

É obvio que se deve dizer claramente. Colocar sempre "os pontos nos ii"... O problema é quando se diz claramente e... fica tudo na mesma... Confesso que ainda não percebi essas questões de "não aplicar com rigor os critérios de avaliação"... Eu aplico sempre os critérios de avaliação, quer concorde ou não, o que já me aconteceu... Mas regras são regras!!

adkalendas disse...

Dizer, claro, mas é mais fácil de dizer aqui do que de fazer.
No entanto, apesar de criar alguns problemas iniciais e outros que se manterão por muito tempo, a título pessoal, vale a pena chamar a atenção.
Desta forma, contribuimos para a valorização do trabalho docente e para a melhoria da qualidade das aprendizagens dos alunos, e isso é que é importante.

plopes disse...

Não dizer é compactuar com a situação, porque, bem vistas as coisas,não é só esse colega que está em causa.