Lema de Vida:

Aprender até morrer, morrer sem nada saber!!

sexta-feira, setembro 29, 2006

Pais e Profs

Numa altura em que os Professores voltam a estar na baila por causa de greves, os Pais já se preparam para mais esta guerra. Por todas as escolas já se ouvem reclamações que ganhamos bem [até somos o terceiro país onde melhor os profs ganham] , que não fazemos nada, que temos muitas férias... A Ministra até já lhes deu mais um docinho, podem ser eles a constituir o Executivo.

É obvio que há professores maus, k erram e fazem mal isto ou aquilo... mas nós temos que estar sempre de pé atrás, estamos a levar pancada de todo o lado e não conseguimos responder... Claro que existem os sindicatos, mas eu não posso sentir-me representada por um grupo de pessoas que não lecciona há muitos anos.

Entretanto, falo com algumas pessoas e descubro que pode haver um são entendimento se houver respeito pelo desempenho de cada um... Um entendimento sério, um trabalho em conjunto, uma parceria. Sem acusações ou medos mútuos, o principal objectivo é sempre o desenvolvimento e educação da criança. É possível... e seria muito mais interessante!!
Para isso acontecer, os pais deviam estar mesmo preocupados com a educação da rapaziada e não com o despejo no edificio (como alguns fazem) e os professores deveriam guardar as armas e dar o benefício da dúvida ao pai interessado!!

[Pronto, se calhar é melhor acordar do sonho!]

7 comentários:

anjoedemonio disse...

sonha, ana, isso ninguém te pode proibir ou controlar!!!!

bom fim de semana!!!!

:)))

Ivo disse...

Ana,

«Sonha», lutar, reivindicar... fazer justiça, pelo menos por enquanto, anda não é proibido!! Por isso... Força!! Juntos, conseguirão!!

Quanto ao «mito» dos enormes salários da classe docente... pois, este é mesmo um mito real entre as pessoas, que dificilmente conseguirão desmoronar!! Mas quantos dos que «despejam» os filhos na escola, não auferem umas «ninharias» que, comparado ao salário de um professor, é um salariozãooooooo?!!?

Bjs e Bom Fim de Semana!!

Professorinha disse...

Greves, manifestações, luto, tudo o que for para fazer eu faço. Não posso conceber é ficar em casa de braços cruzados. O que eu ouvi hoje no plenário onde fui só confirmou o que eu já suspeitava. Não podemos não lutar, seja de que maneira for!

Barão da Tróia II disse...

Pois se calhar é melhor mesmo acordar! Bom fim de semana.

Velveteen disse...

Olá. Quem me dera poder fazer greve nesse dia. Significava que já tinha sido colocada. Após 8 anos de serviço ainda estou em casa à espera que aconteça algum milagre que liberte um horário p mim. O meu sonho começa a tornar-se um pesadelo. Tds os anos é a mesma angústia e o mesmo suplicio. Assim não dá! Bjs e bom ano.

jorgeferrorosa disse...

Este é um blog que mostra o que sinto, que vai ao meu encontro, como se fosse o meu Caderno da Alma! Também sou professor e a angústia é o pão diário, uma vez que a insatisfação tem sempre de existir, de alguma forma. Feliz por um lado, mas descontente por outro, colocado fora da área de residência, a uns 300km. Nada favorável...
Parabéns pelo Blog.
Beijinhos
Jorge

Miguel disse...

A melhor forma de nos credibilizarmos é termos a opinião pública do nosso lado. Objectivo difícil depois de tantos anos de erros e omissões por parte de muitos daqueles que pertencem à nossa classe profissional...